TAPETE REDONDO BARROCO COM RECEITA






       Esse tapete, é mais uma de minhas  criações, executei ele com fios da Círculo, o Barroco multicolor,  estou deixando a receita dele, para quem quiser estar fazendo, qualquer dúvida é só entrar em contato comigo, através do formulário que fica do lado esquerdo, bom! Eu espero que tenham gostado e até a próxima postagem.











Tapete redondo barroco


Inicio: Começando o trabalho, fazer seis correntinhas e fechar com um ponto baixíssimo:


1ª carreira: Subir três correntinhas, mais duas correntinhas para a virada, depois um ponto alto, duas correntinhas, continuar intercalando até completar seis pontos altos fechando com um ponto baixíssimo.  

2ª carreira: Trabalhar dentro de cada alça, um ponto baixo, quatro pontos altos e um ponto baixo, dando forma às pétalas, ir trabalhando até o fim da carreira e fechando com um ponto baixíssimo. 

 3ª carreira: Por detrás do trabalho, fazer alças entre uma pétala à outra com um ponto baixo, seguido de três correntinhas e fechar na pétala seguinte com outro ponto baixo, ir trabalhando desta forma até o final da carreira, fechando o trabalho com um ponto baixíssimo.    

  4ª carreira: Trabalhar novamente dentro de cada alça, um ponto baixo, seis pontos altos e em seguida prender com um ponto baixo entre uma pétala à outra na carreira anterior, na alça seguinte fazer um ponto baixo, seis pontos altos e prender novamente entre uma pétala à outra na carreira anterior, trabalhar desta forma até o fim da carreira e no final fechar com um ponto baixíssimo.  

   5ª carreira: Por detrás do trabalho, fazer novamente alças entre uma pétala à outra com um ponto baixo, seguido de quatro correntinhas e fechar na pétala seguinte com outro ponto baixo, ir trabalhando desta forma até o final da carreira, fechando o trabalho com um ponto baixíssimo.

   6ª carreira: Trabalhar novamente dentro de cada alça, um ponto baixo, oitos pontos altos e em seguida prender com um ponto baixo entre uma pétala à outra na carreira anterior, na alça seguinte fazer um ponto baixo, oitos pontos altos e prender novamente entre uma pétala à outra na carreira anterior, trabalhar desta forma até o fim da carreira e no final fechar com um ponto baixíssimo.

   7ª carreira: Por detrás do trabalho, fazer novamente alças entre uma pétala à outra com um ponto baixo, seguido de seis correntinhas e fechar na pétala seguinte com um ponto baixo, ir trabalhando desta forma até o final da carreira, fechando o trabalho com um ponto baixíssimo. 

   8ª carreira: Trabalhar novamente dentro de cada alça, um ponto baixo, meio ponto alto, um ponto alto, um ponto alto duplo, um ponto alto triplo seguido do ponto picô (subir três correntinhas fechando com um ponto baixo) em seguida fazer outro ponto alto triplo, um ponto alto duplo, um ponto alto, meio ponto alto e por último um ponto baixo, formando assim uma das folhas, vá trabalhando desta forma até o final da carreira fechando no final com um ponto baixíssimo.

9ª carreira: Trabalhar em pontos baixos toda volta das folhas, sendo que entre os dois  pontos alto triplo fazer um ponto picô (subir três correntinhas fechando com um ponto baixo), trabalhar desta forma até o fim da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.

10ª carreira: Começando pelo bico da folha, fazer um ponto baixo, e depois trabalhar sete correntinhas, um ponto alto no meio, entre uma folha e outra, mais sete correntinhas e assim intercalar até o fim da carreira fechando o trabalho com um ponto baixíssimo.

 11ª carreira: Trabalhar em toda volta dessas alças  formadas, com quatros pontos baixos, um ponto picô  (subir três correntinha, fechando com um ponto baixo) mais quatro pontos baixos  trabalhando dessa forma até preencher todas as alças e no final da carreira fechar  com um ponto baixíssimo. 

 12ª carreira: Começando por um dos pontos picô,  introduzir a agulha já com uma correntinha e fazer o ponto baixo, em seguida trabalhar oito correntinhas e prender no próximo ponto picô com um ponto baixo, trabalhando dessa forma até o fim da carreira e no final prender com um ponto baixíssimo. 

  13ª carreira: Começando com um ponto alto na direção do ponto picô, trabalhar dez pontos altos na alça e um ponto alto na direção do próximo ponto picô, trabalhar dessa forma em todas as alças e na direção dos pontos picô e no final fechar com um ponto baixíssimo.  

 14ª carreira: Começar trabalhando quatros pontos baixos, um ponto picô (subir três correntinha, fechando com um ponto baixo), mais quatro pontos baixos e assim trabalhando dessa forma toda carreira até o final fechando com um ponto baixíssimo.    

 15ª carreira: Começar por um dos pontos picô, trabalhar um ponto baixo, quatro correntinhas e um ponto baixo, trabalhar dessa forma até o fim da carreira, chegando ao final fechar com um ponto baixíssimo.

16ª carreira: Começando por uma das alças, trabalhar dois pontos altos, duas correntinhas, dois pontos altos e uma correntinha, trabalhando dessa forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.

 17ª carreira: Trabalhar essa carreira da mesma forma da 16ª carreira, fechando no final com um ponto baixíssimo.    

 18ª carreira: Começar o trabalho com dois pontos altos, duas correntinhas, dois pontos altos, três correntinhas pegar as alças das duas carreiras de baixo fechando com um ponto baixo, subir três correntinhas, trabalhando dessa forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.    

 19ª carreira: Trablhar dois pontos altos, duas correntinhas, dois pontos altos e uma correntinha, trabalhando dessa forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.   

 20ª carreira: Trabalhar essa carreira da mesma forma da 19ª carreira, fechando no final com um ponto baixíssimo.   

21ª carreira: Começar o trabalho com dois pontos altos, duas correntinhas, dois pontos altos, três correntinhas pegar as alças das duas carreiras de baixo fechando com um ponto baixo, subir três correntinhas, trabalhando dessa forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.

 22ª carreira: Trabalhar dois pontos altos, duas correntinhas, dois pontos altos e uma correntinha, trabalhando dessa forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo. 

23ª carreira: Trabalhar essa carreira da mesma forma da 22ª carreira, fechando no final com um ponto baixíssimo.

 24ª carreira: Começar o trabalho com dois pontos altos, duas correntinhas, dois pontos altos, três correntinhas pegar as alças das duas carreiras de baixo fechando com um ponto baixo, subir três correntinhas, trabalhando dessa forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.

25ª carreira: Começando entre os dois pontos altos, fazer um ponto baixo,  oito correntinhas, um ponto baixo,  fazer desta forma até o final da carreira fechando com um ponto baixíssimo. 

26ª carreira: Trabalhar em todas as alças, cinco pontos baixos, um ponto picô (subir três correntinhas fechando com um ponto baixo), cinco pontos baixos, fazendo desta forma até o final da carreira,  fechando com um ponto baixíssimo. 

27ª carreira: Começando pelos pontos pico, trabalhar  um ponto baixo, oito correntinhas, um ponto baixo no outro ponto picô, trabalhar desta forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.   

 28ª carreira: Começando pelo ponto baixo, subir três correntinhas, trabalhar dez pontos altos na alça e um ponto alto na direção do outro ponto baixo, trabalhar desta forma até o final da carreira, fechando com um ponto baixíssimo.

29ª carreira: Trabalhar quatro pontos baixos,  um ponto pico (subir três correntinhas fechando com um ponto baixo) quatro pontos baixo, fazer desta forma até o final da carreira e está pronto o seu tapete.




DEIXE SEU COMENTÁRIO ABAIXO: